Comunicação Assertiva: a arte de se comunicar

O ato de comunicar-se faz parte da vida do ser humano, é através dele que expressamos nossas necessidades, adquirimos conhecimento e criamos vínculos com outras pessoas. Dentre as diversas maneiras que temos de nos comunicar, destaco hoje a comunicação assertiva, que tem como foco disseminar informações de modo que todos os receptores sejam capazes de entender.

A comunicação assertiva é caracterizada pelo “ir direto ao ponto”, transmitir ideias e opiniões de modo direto e objetivo. Esse modo de comunicação é considerado por alguns autores como uma “arte”, afinal é preciso certo “talento” para expressar diretamente suas opiniões sem ser visto como uma pessoa agressiva.

comunicação-assertivaA falta de assertividade pode causar muitos conflitos e mal entendimentos, pois quando não falamos de forma clara o que queremos, deixamos a critério dos ouvintes a interpretação. Quantas vezes deixamos de nos posicionar diante de algum debate por medo da interpretação das pessoas? Ou até mesmo nos responsabilizamos por tarefas além de nossas responsabilidades por medo de falar não?

Saber se comunicar bem é realmente uma arte e, assim como tal, é preciso buscar melhorias a cada dia. O conhecimento e a empatia são fatores essenciais na comunicação assertiva, afinal, quando temos segurança do que estamos falando e conseguimos nos colocar no lugar das demais pessoas que receberão a informação, é possível expressar, defender ideais e opiniões sem nos tornarmos agressivos. Olhar nos olhos, falar com naturalidade e calma demonstra confiança e transmite credibilidade.

Fuja da passividade, não tenha medo dos confrontos, eles fazem parte do dia a dia. Muitas vezes uma discussão é necessária para que se encontre a solução do problema ou até mesmo uma grande ideia. Tenha foco e estimule isso no ambiente de trabalho, pessoas focadas tendem a se tornar mais assertivas. Não tenha medo de errar, confie mais em si mesmo, diga tudo o que considere necessário, tendo consciência que é preciso clareza e delicadeza ao se expressar, assim a comunicação se tornará mais saudável e assertiva.

Por: NATÁLIA DE ANDRADE

About these ads